As pontes de Paris – 3a Parte

Especial pontes de Paris – 3a parte:

9) Ligando o pátio do Louvre ao Instituto da França, a passarela das Artes foi concebida como um jardim suspenso. No início, ela era uma via privada e se devia  pagar um pedágio para se poder passar por ela. Em 1979 ela desmoronou, mas logo foi recosntruida quase identica à original.

10) A ponte Nova “pont neuf”, é, por incrível que pareça, a ponte mas antiga de Paris, e também a mais longa a se atravessar. Ea foi inaugurada em 1606 pelo rei Henrique IV.

11) A ponte ” au Change” liga a  l’Ile de la Cité à praça de Châtelet e foi construída no século IX.

12) A ponte de Saint Michel foi construída e destruída diversas vezes desde 1378, até ser reconstruída definitivamente em 1857. Os medalhoes em N sao uma homenagem à Napoleão  III. No ano seguinte a ponte au Change estava no seu apogeu e foi decorada da mesma forma.

13) A ponte de Notre Dame foi construída em 1413 por ordem de Charles VI mas, com o tempo, acabou se decompondo. Ela recebe um apelido de ponte do Diabo devido aos grandes acidentes marítimos causados. Para facilitar a passagem dos barcos, ela recebe um arco metálico realizado por Jean Résal, arquiteto da ponte Mirabeau Alexandre III.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s